Don Carlos 2986 of 8 Las Condes, Santiago, Chile.

Tomáš Kinčl", "Passado e presente da Cerveja Tcheca", República Tcheca

Foto 2 Tomas .jpg

Em se tratando de cultura e indústria cervejeira, a República Tcheca é um país bem específico. É uma pequena região na Europa central com população bastante baixa, mas com o maior consumo de cerveja per capita do mundo. Atualmente, existem mais de 400 cervejarias artesanais e mais de 50 cervejarias industriais e o número ainda está crescendo muito rápido. A cerveja é uma parte tradicional importante da cultura nacional tcheca. A partir do século XIX, uma grande ênfase foi dada à educação cervejeira, ao cultivo de lúpulo e cevada, à produção de cerveja, à distribuição e qualidade do serviço. Até hoje, a fatia do comércio local é de quase 40% e há uma tendência em apoiar a cultura de pubs. Em relação a isso, o preço da cerveja na República Tcheca é um dos mais baixos do mundo e a perfeita técnica de beer tapping é fortemente discutida. O mercado de cerveja tcheco é muito conservador e por causa da situação política na história moderna, havia quase apenas um único tipo de cerveja produzido no final do século 20 - Pilsner, o pale lager. Pilsner, o estilo de cerveja mais difundido no mundo, é originário da região tcheca, como a Pale Ale, originária da Inglaterra. Devido às circunstâncias, a tecnologia da produção da Pilsner Lager Tcheca foi desenvolvida em condições isoladas, com possibilidades muito limitadas e essa especificidade é agora exigida pelos clientes locais e apreciada no estrangeiro.

Expositores

  • Tomas Kincl - Czech Republic